O QUE É O PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO (PPP)

O que é Projeto Político-Pedagógico (PPP)?

Projeto Político Pedagógico o que é e para que serve?

O Projeto Político Pedagógico é um documento escolar, amparado por Lei e como o próprio nome diz é projeto é político e é pedagógico.

Projeto por nomear ações a serem executadas.

Pedagógico por deliberar as atividades e projetos a serem desenvolvidos pela escola.

Político para delimitar o rumo, o caminho.

Por meio do PPP são determinados os objetivos mais abrangentes, as aptidões a desenvolver nos discentes e o como alcançar as metas estabelecidas.

Segundo Libâneo (2004), o PPP é um documento que detalha objetivos, diretrizes e ações do processo educativo a ser desenvolvido na escola, expressando a síntese das exigências sociais e legais do sistema de ensino e os propósitos e expectativas da comunidade escolar.

Quem elabora o Projeto Político Pedagógico da escola?

Com a necessidade de construir um pensamento crítico e democrático no ambiente escolar há a importância da participação de todos na elaboração do Projeto Político Pedagógico: gestores, professores e comunidade escolar. Os atores envolvidos são internos e externos.

A socialização do poder permite a prática da participação do grupo e assim todos definem o caminho a seguir, sentindo-se participantes do processo.

De acordo com a Lei 9.394/96 ”os estabelecimentos de ensino, respeitadas as normas comuns e as do seu sistema de ensino, terão a incumbência de elaborar e executar sua proposta pedagógica”.

O que deve conter em um Projeto Político Pedagógico?

Segundo pesquisadores, a elaboração do PPP deve abarcar: missão, clientela, dados sobre a aprendizagem, relação com as famílias, recursos, diretrizes pedagógicas e plano de ação.

Como elaborar um Projeto Político Pedagógico da minha escola?

Para elaborar o PPP em uma escola é imprescindível um diagnóstico a fim de conhecer a realidade da comunidade em que a escola está inserida. Após a sondagem é necessário discussões sobre os objetivos e metas, para uma reflexão.

Assim sendo haverá uma sensibilização com os profissionais de cada área para levantar propostas objetivas. Posteriormente há acompanhamento periódico. O trabalho coletivo, no PPP é o marco para a construção de uma escola autônoma.

Projeto Político Pedagógico da escola concepção princípios e eixos norteadores

VEIGA possui uma extensa produção sobre o PPP. Segundo a autora, o “Projeto Político Pedagógico concebido como organização do trabalho da escola deve está fundamentado nos princípios que deverão nortear a escola democrática, pública e gratuita”; que assegure igualdade, qualidade, gestão democrática, liberdade (associada à ideia de autonomia) e valorização do magistério. VEIGA (2006, p. 11‐33) Estes são princípios fundamentais para um debate aberto e dinâmico sobre as temáticas que regem o PPP.

Na LDB estão inclusos, em destaque, três grandes eixos relacionados à construção do PPP: “O eixo da flexibilidade está vinculado à autonomia, possibilitando que a escola organize seu próprio trabalho pedagógico. Eixo de avaliação que reforça um aspecto importante a ser observado nos diversos níveis do ensino público. O eixo da liberdade que se expressa no âmbito do pluralismo de ideias e concepções pedagógicas e da proposta de gestão democrática do ensino público, que será definida em cada sistema de ensino.” (LDB 9394/96).

O Projeto Político Pedagógico e o currículo escolar

O PPP é uma das formas de se consolidar o currículo, e ambos são documentos elaborados de forma coletiva para organizar ações democráticas na escola e que orientam o trabalho.

Existem três tipos de manifestações de currículo: Currículo Formal (prescrito), Currículo Real (em ação) e Currículo Oculto (implícito), ambos são relevantes para que a escola cumpra seus objetivos e a função social com a comunidade.

Segundo Libâneo (2004), o currículo Real é aquele planejado pela rotina do professor, cuja  a essência está na contextualização dos conteúdos.

O Currículo Oculto, como práticas que não estão prescritas, mas é existente e está presente no planejamento e o Currículo Prescrito não é concebido pela comunidade escolar ou a partir de uma concepção  atender as diversidades.

Referências:

  • LIBÂNEO, José Carlos. Organização e Gestão da escola: teoria e prática. 5 ed. Goiânia, GO: Alternativa, 2004.
  • Projeto político pedagógico, currículo e gestão democrática. 27 de agosto, 2014. Revista Direcional. NATIVIDADE, J.S; MEDEIROS, S.A. Projeto político pedagógico e gestão democrática: limites e desafios.
  • SAVIANI, Nereide, “Saber Escolar, currículo e didática: Problemas de unidade conteúdo/método no processo pedagógico”- 6. Ed. Revista – Campinas, SP: Autores Associados, 2010.
  • VEIGA, Ilma Passos Alencastro (org.). Projeto político‐ pedagógico da escola: uma construção possível. 22. ed. Campinas, SP: Papirus, 2006.

Como Estudar Projeto Político Pedagógico para Concurso??

Esse é um tema que despenca nas provas de concursos na área da educação. Vamos ver como as bancas cobram?

Clique abaixo em “Responder questões” e não se esqueça de compartilhar…

Projeto Político Pedagógico

 

O que é Projeto Político-Pedagógico (PPP)?
5 (100%) 4 votes
Fabiana Firmino

Fabiana Firmino

Pedagoga formada pela Universidade de Brasília é especialista em Gestão/Orientação educacional e Docência no Ensino Superior. Atuou como coordenadora pedagógica, desempenhando as funções de administração escolar, orientação de professores e alunos; planejamento de estudo; preparação emocional dos estudantes e coordenação de projetos. Atua como educadora, após aprovação em concurso público da Secretaria da Educação do DF. É professora de cursos preparatórios, e ministra os conteúdos de conhecimentos Pedagógicos, com ênfase em concursos públicos.

Scroll Up